Projeto do DF de produção de água é finalista em concurso internacional

O projeto Produtor de Água do Pipiripau está entre 12 finalistas no concurso internacional Water ChangeMaker Awards

O projeto Produtor de Água do Ribeirão Pipiripau, um dos afluentes do Rio Paranaíba no Distrito Federal, é um dos finalistas no concurso internacional: o Water ChangeMaker Awards. Promovido pela Global Water Partnership (GWP), o prêmio reconhece iniciativas mundiais que promovem mudanças socioambientais por meio de questões relacionadas à água. O projeto é o único representante do Brasil na competição.

O vencedor do concurso será divulgado nesta segunda-feira (25), durante a Cúpula de Adaptação do Clima 2021, evento que vai ocorrer em formato on-line. A votação está sendo feita por votação popular na internet e a escolha do vencedor do prêmio será por meio de um júri técnico. O projeto é um dos 12 finalistas no concurso.

O diretor da Adasa e pesquisador da Embrapa, Jorge Werneck, afirma que vencer o concurso é um grande reconhecimento para o Brasil, “Esse prêmio traz visibilidade para um projeto importante não só para o DF, mas também para o Brasil. Entre os benefícios já gerados estão o reflorestamento de áreas degradadas, o cerceamento de nascentes e áreas de preservação permanente, adequação de estradas rurais, conservação do solo e controle de erosão e a melhoria da infiltração da água e da sua quantidade e qualidade em nascentes e cursos d´água”, ressalta o diretor.

Sobre o projeto

O projeto produtor de água na bacia do ribeirão Pipiripau foi iniciado em 2010 e é coordenado pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa). Os trabalhos contam com a participação de 17 organizações, entre instituições públicas e privadas, sendo uma delas a Embrapa.

O objetivo é minimizar os conflitos de água na bacia do Pipiripau por meio de boa governança, a iniciativa incentiva os produtores rurais a usarem a água de maneira sustentável, além de monitorar a qualidade e o volume da bacia. A bacia do ribeirão Pipiripau ocupa uma área de 23.527 hectares a nordeste do DF na divisa com o município de Formosa (GO).

Fabiana Aquino, pesquisadora da Embrapa, afirma que o projeto é um sucesso, “Esse trabalho é um sucesso e tem mudado a realidade dos produtores rurais da região. É tido como exemplo para embasar as políticas nacionais de pagamentos por serviços ambientais. Não é à toa que é um dos finalistas desse concurso”, pontua.

Print Friendly, PDF & Email