Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)

Reajuste dos benefícios do INSS sobe para 5,45% neste ano

Portaria publicada do Diário Oficial da União (DOU) nesta quarta-feira, oficializa o reajuste de 5,45% para aposentados e pensionistas do INSS

O governo oficializou nesta quarta-feira (13), o reajuste de 5,45% neste ano, para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem acima de um salario mínimo. A confirmação do reajuste consta na portaria da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia publicada no Diário Oficial da União (DOU).

O aumento corresponde ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação oficial do país e cujos dados de 2020 foram divulgados nesta terça-feira, 12, pelo IBGE. Com o reajuste, o teto dos benefícios do INSS passa de R$ 6.101,06 mil, para R$ 6.433,57 mil.

A portaria divulgada, afirmou ainda que o valor do salário mínimo será mantido em R$ 1.100 mil, que não cobre a inflação do ano passado. O valor representa um aumento de apenas 5,26%. O valor do salário mínimo teria de ser reajustado para R$ 1.101,95 mil neste ano. Dessa for o valor ficou abaixo do INPC. O Ministério da Economia ainda não se posicionou sobre o assunto.

Pela lei, aposentadorias, auxílio-doença, auxílio-reclusão e pensão por morte pagas pelo INSS não podem ser inferiores a 1 salário mínimo, fixado em R$ 1.100 para 2021.

Print Friendly, PDF & Email