“República de bananas”, mídia internacional repercute desfile de blindados de Bolsonaro

O desfile promovido pelo presidente Jair Bolsonaro, em frente ao Palácio do Planalto, chamou atenção e provocou charges e chacotas na mídia internacional

Na terça-feira (10), o The Guardian publicou um artigo sobre o desfile de tanques de guerra e armamentos da Marinha, em Brasília. O desfile virou piada internacional. “Desfile militar da república das bananas de Bolsonaro”, descreveu o jornal. 

O jornal ridicularizou os aliados de Bolsonaro por celebrarem o desfile com fotos de desfiles na China. Na publicação, a duração do desfile, que durou apenas dez minutos, também foi destaque.

“Os críticos denunciaram a decisão ao estilo da república das bananas de Jair Bolsonaro de enviar tanques às ruas da capital do Brasil para um raro desfile militar no que foi amplamente visto como uma tentativa desastrada de um presidente sitiado de projetar força”, escreveu o jornal.

Leia também:
Bolsonaro diz que não tomará a vacina

Já, o jornal Francês Le Monde falou sobre o fato de o desfile ser “inédito” nos 30 anos da democracia no país.

Além de falar da queda de popularidade de Bolsonaro, devido ao enfrentamento da pandemia de Covid-19 no país.

O The New York Times, jornal mais lido do mundo, não fez reportagem, mas divulgou uma charge que mostra Bolsonaro em cima de um tanque com a palavra “ditadura”. Destaque para o canhão do tanque, que vem em formato de uma urna para o voto impresso.

Leia também:
Dólar tem forte alta, juros futuros disparam e Ibovespa cai após fala de Guedes
Print Friendly, PDF & Email