Rodoviários da Marechal fazem paralisação no DF

Os rodoviários alegam atraso no pagamento do tíquete-refeição e das horas extras de maio.

Na manhã desta segunda-feira (7), motoristas e cobradores da empresa Marechal paralisaram as atividades no Distrito Federal. 441 ônibus deixaram de circular nas ruas da capital. O motivo é o não pagamento do vale-refeição e das horas extras referentes à segunda quinzena de maio.

As regiões afetadas com a paralisação são: Águas Claras, Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Guará e Vicente Pires.

Por meio de uma nota, a Marechal disse que espera receber os valores em atraso “com a maior brevidade possível”. “A Marechal segue trabalhando incansavelmente para cumprir os compromissos com os colaboradores e usuários do transporte coletivo”.

A Marechal afirma que trabalhou para que os rodoviários tivessem prioridade na vacinação contra a covid-19. A categoria começou a ser imunizada na última semana.

Print Friendly, PDF & Email