Secretaria de Saúde lança campanha para combate à dengue no DF

Segundo boletim epidemiológico foram 47.422 casos de dengue. Por esse motivo, a Secretaria de Saúde lançou hoje (8) uma campanha de enfrentamento à doença

Na manhã desta segunda-feira (8), em coletiva realizada no Palácio do Buriti, a Secretaria de Saúde do DF lançou uma campanha de enfrentamento à Dengue, Zika e Chikungunya. Entre de 2019 e 2020, o Distrito Federal teve 47.422 casos de dengue e 44 mortes, segundo boletim epidemiológico.

A campanha é uma colaboração entre Ministério da Saúde, Corpo de Bombeiros Militar, Secretaria de Cidades, entre outros órgãos de governo. De acordo com o ministro da Saúde, Osnei Okumoto, serão 170 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para atendimento da população.

“Chegaremos a mais de mil agentes de contratação temporária para que eles possam trabalhar conosco a partir de março.”, disse o ministro na ocasião.

Arnaldo Correia, secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, que também estava presente no evento, afirmou que o combate à Dengue é de extrema importância neste momento, e que a pasta está à disposição para o que for necessário na contenção às arboviroses.

“É extremamente importante lançar a campanha neste momento. Nós sabemos o impacto que isso tem na saúde brasileira. Nos colocamos à disposição do que for necessário para que possamos enfrentar as arboviroses e combater as doenças e o mosquito da dengue no DF”, pontuou Arnaldo.

No entanto, para evitar a proliferação do mosquito que transmite as doenças é necessário também a colaboração da população do DF. O secretário de Governo, José Humberto Pires, ressaltou, “A dengue é um problema de toda a sociedade e todos nós temos de ter uma parcela de responsabilidade muito grande a respeito desse tema. Integrados, temos uma chance muito maior de vencer essa guerra contra o mosquito”, disse.

Como prevenir a dengue

  • Utilize telas de proteção com buracos de, no máximo, 1,5 milímetros nas janelas da casa
  • Deixe as portas e janelas fechadas, principalmente nos períodos do nascer e do pôr do sol
  • Mantenha o terreno de casa sempre limpo e livre de materiais ou entulhos que possam ser criadouros
  • Tampe os tonéis e caixas d’água
  • Mantenha as calhas sempre limpas
  • Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo
  • Mantenha lixeiras bem tampadas
  • Deixe ralos limpos e com aplicação de tela
  • Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia
  • Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais
  • Limpe todos os acessórios de decoração que ficam fora de casa e evite o acúmulo de água em pneus e calhas sujas, por exemplo
  • Deixe portas e janelas fechadas, principalmente nos períodos do nascer e do pôr do sol
  • Coloque repelentes elétricos próximos às janelas – o uso é contraindicado para pessoas alérgicas
  • Velas ou difusores de essência de citronela também podem ser usados
  • Evite produtos de higiene com perfume, pois podem atrair insetos
  • Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa
  • Coloque areia nos vasos de plantas
Print Friendly, PDF & Email