SUS oferece medicamento que previne o HIV

A Profilaxia Pré-Exposição ao HIV é um novo método de prevenção à infecção pelo HIV, impedindo que o vírus adentre nos tecidos

A falta de informação ainda é um problema para pessoas que têm o vírus do HIV/Aids, além de preservativos que evitam a contaminação de HIV e outras ISTs, o Hospital Dia e o Hospital Universitário de Brasília disponibiliza o medicamento Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (PrEP), que previne indivíduos que possam ter uma exposição maior ao vírus.

O medicamento funciona como se fosse uma “pílula do seguinte”, o Infectologista e diretor científico da Sociedade de Infectologia do DF, José David Urbaez, explica que a PrEP forma uma barreira nas mucosas vaginais e anais impossibilitando que o vírus se adentre nos tecidos.

“O indivíduo toma uma combinação de dois medicamentos antirretrovirais todos os dias, para casos de exposição a uma infecção, formando uma barreira farmacológica nas mucosas retais e vaginais e essa barreira farmacológica impede que o vírus se adentre nos tecidos da pessoa suscetível ao vírus”, informa o infectologista.

PrEP no SUS

O medicamento foi inserido pelo SUS visando proteger pessoas que estão mais expostas e vulneráveis ao vírus. A PrEP não é para todos. Estão incluídos nos grupos de indivíduos que podem adquirir a PrEP; Gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSH); Pessoas trans; Trabalhadores(as) do sexo.

De acordo com Urbaez, essas pessoas ainda sofrem privações por conta do preconceito, “que se expõem em relações sexuais anais sem proteção e a população de mulheres trans, que são pessoas vulneráveis pois têm grandes privações por conta do preconceito”, afirma.

Além do primeiro grupo apresentado ainda podem ser indicados a fazer uso da PrEP quem; Frequentemente deixa de usar camisinha em suas relações sexuais (anais ou vaginais); Tem relações sexuais, sem camisinha, com alguém que seja HIV positivo e que não esteja em tratamento; Faz uso repetido de PEP (Profilaxia Pós-Exposição ao HIV); Apresenta episódios frequentes de Infecções Sexualmente Transmissíveis.

Para que a PrEP seja indicada é necessário acompanhamento com profissionais da saúde, para que um perfil seja traçado assim identificando se a pessoa se encaixa realmente nas necessidades de usar o medicamento. Além disso, em todas as 172 unidades básicas de saúde e no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), localizado na Rodoviária do Plano Piloto, são oferecidos preservativos masculinos e femininos e lubrificantes. Os locais, realizam exames de testagem rápida para o HIV e testes rápidos para sífilis e Hepatites virais B e C.

Print Friendly, PDF & Email