Reprodução

Taxa de reprodução do coronavírus continua crescendo nas regiões administrativas do DF

UnB calcula a taxa de reprodução do coronavírus no DF e os números aumentam cada dia mais

Nesta quarta-feira (25), foi divulgado por um grupo de especialistas da Universidade de Brasília que o R(t) está aumentando no DF, de 31 regiões administrativas observadas, 22 estão aumentando gradativamente na reprodução do vírus, porém segundo o estudo feito ainda não se pode afirmar segunda onda da doença.

Mesmo que os leitos ocupados tenham diminuído, o vírus ainda está se reproduzindo acima da média prevista desde o final de setembro, a recomendação feita pelos especialistas do observatório de Predição e Acompanhamento da Epidemia Covid-19 (PrEpidemia), é de vigilância e retomada das medidas de proteção feitas no começo da pandemia.

O R(t) é o cálculo da taxa de reprodução do vírus, feito de acordo com o número de pessoas vulneráveis a pegar a doença, o R(t)1 significa que o número de infectados está no pico, porém no momento ele está no limite e caso ultrapasse deverá ser acionado um sinal de alerta.

Print Friendly, PDF & Email