Vice-governador Paco Britto destaca realizações do GDF e esforços para preservar vidas

Em entrevista concedida a jornalistas na Sala de Imprensa da ABBP, Paco se diz orgulhar muito dos feitos do GDF e que hospitais irão deixar um legado para o DF  

Na noite de segunda-feira (23), o vice-governador do Distrito Federal, Paco Britto, concedeu uma entrevista para a Associação de Blogueiros do Distrito Federal e Entorno (ABBP).

De acordo com o Paco Britto, no momento, o mais importante para o GDF é preservar vidas devido à crise sanitária causada pelo novo coronavírus. “Não é hora de se falar em eleições do ano que vem”.

Questionado pelo jornalista Francisco Gelielçon, do portal de notícias Estrutural On-line, com relação a ações que já foram executadas, qual delas, na opinião do vice-governador, foi a de mais destaque. Paco respondeu sobre os hospitais que irão deixar um legado para o Distrito Federal em um momento de pandemia.

Leia também:
Hospital da Criança recebe investimento de R$9,5 milhões

“Fora as UPAs que estão sendo inaugurados realmente com um atraso nas obras, atrasos esses que independe da nossa vontade, questões de tribunal, impugnações uma série de coisas que estão por vir”.

O vice-governador também lembrou de outros feitos importantes para o Distrito Federal, como o Cartão Gás e o Cartão Material Escolar, dos quais diz se orgulhar muito, por dar dignidade para pessoas de baixa renda.

“Escolher o mesmo material que uma criança matriculada na escola particular pode comprar, a melhor borracha, o melhor caderno, então isso orgulha muito”, disse o vice-governador.

Leia também:
GDF lança campanha "Dignidade Feminina"

Sobre as obras que estão sendo efetuadas no DF, Paco afirmou que o governador Ibaneis Rocha teve a coragem e a determinação de realizar obras importantes, como os mais de 15 viadutos que já estão licitados e a vir a ser licitados.

Já na questão social, o vice-governador lembrou sobre a lei dos quiosques, dos permissionários, das bancas que ficaram isentas de pagamentos de taxas até o fim da pandemia.

Paco lembrou de bombeiros, médicos que atuaram na linha frente na pandemia de Covid-19. “Mas os heróis da economia são essas pessoas, donos de bares, sindicatos, os músicos que sofreram bastante, então eu acredito que estamos deixando um legado particular que são os hospitais, as UPAs, nós estamos deixando para a população do Distrito Federal”.

Print Friendly, PDF & Email